Luis Severo – Domingo Lyrics

A casa cheia à meia noite
E tu doente outra vez
Tanta pergunta não solta embaraço

Sussurras um desabafo
E enquanto faço o café tropeças
Em tanto beijo e abraço

Hoje a ansiedade não te deu nem uma hora
Descansa agora ninguém nota se vais
A festa é de quem grita mais

Domingo o tédio trouxe a paz também
Deu-te um silêncio para ser voz de alguém
Moleza e juras de amor
Enquanto o fogo não acorda
E a febre não acalma
Teu vai e vem
Embala bem

Se o chá do dia sem penas
Te afasta do espelho
E o céu cinzento não estorva o programa

Eu para aqui sem problemas
A achar que tenho enfim
São só pedaços de lama

Para te embalar
A minha história era pouca
Juntei pimenta até prender a tua boca
E agora não me afasto mais

Domingo o tédio trouxe a paz também
Deu-te um silêncio até ser voz de alguém
Moleza e juras de amor
Enquanto o fogo não acorda
E a febre não acaba
Teu vai e vem
Embala bem

A casa cheia à meia noite e tu doente outra vez
Tanta pergunta não solta embaraço
Sussurras um desabafo e enquanto faço o café depois
Tropeças em tanto beijo e abraço
Domingo o tédio trouxe a paz também
Deu-te um silêncio até ser voz de alguém
Moleza e juras de amor
Enquanto o fogo não acorda

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *